Saipem Guara & Lula Downline

 

Descrição do Projeto
A Saipem SA é uma das principais empreiteiras da indústria offshore global. Em 2011, a Saipem encomendou uma TCP Downline para o pré-comissionamento do oleoduto Sapinhoá no Brasil, parte do campo Guara & Lula (Brasil). O TCP Downline foi usado para testes de pressão, limpeza e desaguamento da tubulação, bombeamento de metanol, água do mar tingida (dyed seawater), nitrogênio e ar de alta pressão. No total, o TCP Downline completou 45 implantações a 2140 metros de profundidade da água. Este TCP Downline estabeleceu o recorde mundial de profundidade para um tubo composto.

 

Referência de cliente (Saipem), setembro de 2013
Tenho o prazer de informar que a Saipem concluiu com sucesso o pré-comissionamento do gasoduto Sapinhoá. Gostaria de agradecer à Strohm por suas várias contribuições para o êxito desta operação;

  • Primeiramente por projetar e fabricar uma downline leve de 3", que é destinada a aplicações em águas ultra profundas, mas não requer grandes sistemas de manuseio e implantação;
  • Em segundo lugar, pelo apoio contínuo e eficaz durante as operações offshore, superando todas as questões técnicas inerentes aos testes de campo de tal protótipo downline.

Nós, da Saipem, ficamos particularmente impressionados com o compromisso e a paixão da Strohm em servir seus clientes e definitivamente consideramos a Strohm como um fornecedor confiável para nossos projetos futuros. 
Yannick Senechal, Gerente de Projeto

Características-chave dos sistemas 

  • Totalmente comprovado em campo
  • Menor custo por intervenção
  • Vazões elevadas
  • Um único comprimento contínuo de linha descendente
  • Conexões terminais simples
  • Revestimento protetor forte e durável
  • Resistente ao colapso até 3.000 metros de profundidade de água com capacidade de vácuo

Especificações

  • Diâmetro interno: 3''
  • Pressão nominal: 345 bar
  • Profundidade da água: 2,140 m
  • Comprimento: 2,500 m
  • Número qualificado de implantações: 45